Enide Santos

Ah! Este amor que já cantei em poesia!

Quem era eu, antes deste amor?!
Inúmeros sonhos vazios.
Incontáveis versos 
Sem dor e sem solidão.
Vago de saudade e de paixão

Alardeei composições
Reuni em um só verso mil emoções.
De lágrimas banhei todas as feridas
Declamei e senti.
Proferi e vivi
Recitei e me amei
Ah! Este amor que já cantei em poesia!
E que agora faz de mim...
A epígrafe de todos os dias.

Enide Santos 29/01/14

Comentarios3

  • Paco Jose Gonzalez

    Os versos são as portas do alma.

  • kavanarudén

    Que hermosos versos amiga.
    Sensual, profundo, pasional....
    Que gusto leerte, me encanta.
    Mil bendiciones.

    Kavi

  • El Hombre de la Rosa

    Muy gratificante ha sido la lectura de tu poema amiga Enide Santos...
    Saludos de amistad y afecto
    Críspulo el Hombre de la Rosa



Para poder comentar y calificar este poema, debes estar registrad@. Regístrate aquí o si ya estás registrad@, logueate aquí.