Intensa

Reprimida

"Como seguir sem ser o que sou?


Sendo o que sou e seguindo em frente, não sei onde vou.


O que quero não vivo e o que vivo não quero.


O que almejo não tenho e o que tenho não desejo.


Alegria sentida em pouca medida!


Amor desfrutado sentindo o pecado!


Realização sem razão...


Companheiro fiel da triste emoção!


Até que um dia ao sol raiar, meu desejo realizar."

 

Comentarios5

  • El Hombre de la Rosa

    Hermoso poema en lengua vernacula y preciosa fotografia del muro del agua amiga Intensa
    Saludos y amistad

    • Intensa

      gracias amigo, yo vorte!
      Abrazos

    • Trovador de Sueños ...y realidades.

      Sentidas pinceladas, querida amiga... Sutil tu verbo, intensa tu pluma, como tu nombre, un gusto leer... La imagen es de una belleza sublime...

      Cálido abrazo os envío, de mi alma a la vuestra, que tengáis un lindo y dulce día...

      Trovador de Sueños ...y realidades.

      • Intensa

        Gracias amigo, mi encanta tus palabras!
        Abrazos fuertess

      • Andra

        Fico feliz em ver que você voltar a escrever .. mas não sei onde a estrada vai avançar enviar amiga e apenas não parar ...
        Um abraço
        Andra

        • Intensa

          gracias amiga!

        • nelida anderson parini

          Un versos llenos de nostálgico romanticismo... seguir adelante nunca es tarea sencilla... Un placer visitar tus letras querida poetisa.
          Abrazos sonrientes.
          Feliz noche.

          • Intensa

            Gracias Nel!
            Besos

          • agustin monteza casusol

            ALGO ENTENDI...MUY HERMOSO



          Para poder comentar y calificar este poema, debes estar registrad@. Regístrate aquí o si ya estás registrad@, logueate aquí.